Exames

Captura híbrida para clamídia e gonococos

Técnica genética que consegue detectar a presença de pequena quantidade das bactérias clamídia e gonococos, que infectam os genitais tanto de homens como de mulheres, causando as chamadas doenças sexualmente transmissíveis.

A captura híbrida pode comprovar a presença dessas bactérias no início das infecções.

A coleta do material é feita como em outros exames ginecológicos (papanicolaou), no entanto, é colocado em um líquido específico. O material colhido pode ser usado para detecção tanto da clamídia, quanto do gonococos (bactéria causadora da gonorréia) e HPV (vírus causador do câncer de colo uterino).